Seguir

Por que meu pagamento ainda não entrou na minha conta ou entrou com valor menor do que o total que aparece em minha página do APOIA.se?

Se o seu pagamento ainda não entrou em sua conta cadastrada no APOIA.se ou entrou com um valor menor do que o esperado, é provável que:

- Você esteja tomando como parâmetro o valor dos apoios PROMETIDOS, e não o das COBRANÇAS bem sucedidas;

- Os valores cobrados com sucesso não atingiram o piso mínimo para repasse de R$100 líquidos, ou seja, o total cobrado com sucesso já descontada a taxa de serviço de 13%;

- Ou, seus dados bancários cadastrados estejam incorretos (se atentar aos dados numéricos, em especial o dígito verificado).

 

Para compreender melhor com funciona o fluxo financeiro do APOIA.se é fundamental que entendamos os 3 principais momentos que o compõem. São eles:

1) PROMESSAS DE APOIOS

Este é o valor que aparece na homepage ou na página da sua campanha do APOIA.se. Ele representa a quantidade de valores PROMETIDA a você, mas que dependem da concretização em apoios reais. 

Nem todas as PROMESSAS de apoio são concretizadas, principalmente nos casos de apoios prometidos via boleto bancário, pois os boletos são gerados mas dependem que o(a) apoiador(a) efetue seu pagamento. Problemas no pagamento podem acontecer também nos casos de cartão de crédito, por falta de saldo, cartão vencido, etc.  

2) COBRANÇAS

Nos primeiros dias de cada mês geramos a cobrança de todas as PROMESSAS de APOIO ativas naquele momento. A partir daí temos duas situações:

A) Cobranças bem sucedidas nos cartões de crédito, sendo enviado a cada apoiador(a) um email avisando que a cobrança foi realizada com sucesso. No caso de apoios via boletos bancários, neste momento apoiadores(as) recebem seu boleto para pagamento diretamente em seus emails. Se preferirem podem gerar o boleto em seu login no site

B) Cobranças que falharam. Isso pode acontecer por diversos motivos, e quando isso acontece enviamos aos apoiadores e apoiadoras uma email com a mensagem de erro reportada pelo meio de pagamento e uma orientação do que fazer. Com isso os apoiadores poderão tomar as ações que forem cabíveis para permitir que a cobrança seja bem sucedida no mês seguinte. Essa ações podem incluir: liberar saldo no cartão, desbloquea-lo, substituir o cartão cadastrado no APOIA.se que esteja vencido ou desativado por outro válido, etc.

Importante: Para as cobranças que falharam, novas tentativas de cobrança poderão ser feitas ao longo de todo o mês no intuito de concretizar a promessa de apoio em um apoio real.

3) PAGAMENTOS

Os pagamentos são realizados até o 10º dia útil do mês seguinte a cobrança, nos casos em que os valores apurados para recebimento forem igual ou superior ao piso de transferência de R$100.

Se o total de valores a receber for inferior a R$100 reais, os valores permanecerão ACUMULADOS até que seja atingido o piso mínimo para repasse. 

>> Leia mais detalhadamente sobre o FLUXO FINANCEIRO DO APOIA.se 

Para acompanhar em detalhes as informações sobre a cobrança dos apoios recebidos e os pagamentos realizados, utilize os relatórios do Gerenciador de Campanha disponibilizado em sua conta de fazedor(a) no APOIA.se!

 

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Artigo fechado para comentários.