Seguir

Por que pagamentos ainda não entraram na minha conta ou entraram com um valor menor do que valor total de apoios que aparecem em minha página do APOIA.se?

Se o seu pagamento ainda não entrou ou entrou um valor menor do que o esperado é provável que que você esteja tomando como parâmetro o valor atual dos APOIOS, e não o das COBRANÇAS bem sucedidas ou dos PAGAMENTOS acumulados superiores a 100 reais (que correspondem aos APOIOS de dois meses atrás). Por isso, para acompanhar o fluxo financeiro da sua campanha você pode consultar o email que enviamos para você no início de cada mês, e se o tiver extraviado é solicitar que a gente reenvia. Estamos preparando novos relatórios e em breve será possível consultar todo o histórico de pagamentos e cobranças, além das previsões de pagamento dentro da plataforma. :D 

Para compreender melhor com funciona o fluxo financeiro do APOIA.se é fundamental que entendamos os 3 principais momentos que o compõem. São eles:

1) APOIOS

Este é o valor que aparece na homepage ou na página da sua campanha do APOIA.se. Ele representa uma espécie de "promessa de apoio financeiro" que ainda não foi concretizada.

2) COBRANÇAS

Nos primeiros dias de cada mês efetuamos uma cobrança de todos os APOIOS ativos naquele momento. A partir daí temos duas situações:

  1. A) Cobranças bem sucedidas que serão depositadas pela administradora do cartão de crédito 30 dias depois na conta do APOIA.se, que terá até o 5º dia útil de cada mês para repassar ao Criador os valores cobrados no mês anterior (mais detalhes no próximo tópico "PAGAMENTOS"). Um email avisando que a cobrança foi bem sucedida será enviada a cada Apoiador.
  2. B) Cobranças que falharam por alguma razão reportada pelo meio de pagamento através de uma mensagem de erro e uma orientação do que fazer enviada por email aos apoiadores. Com isso os apoiadores poderão tomar as ações que forem cabíveis para permitir que a cobrança seja bem sucedida no mês seguinte. Essa ações podem incluir: liberar saldo no cartão, desbloquea-lo, substituir o cartão cadastrado no APOIA.se que esteja vencido ou desativado por outro válido, etc.

B1) Para as cobranças que falharam novas tentativas de cobrança poderão ser feitas ao longo de todo o mês com o intuíto de reaver o valor do apoio prometido ao Criador.

3) PAGAMENTOS

Uma vez transcorridos os 30 dias em que o dinheiro fica retido pela administradora do cartão de crédito o APOIA.se tem até o 5º dia útil de cada mês para reportar aos Criadores os valores apurados que devem encaixar-se em uma destas duas situações:

  1. A) Se depois de descontada a taxa do APOIA.se o valor a receber for igual ou superior a 100 reais será feito uma transferência do valor recém recebido da administradora de cartões para a conta bancária que o Criador cadastrou. O Criador não precisa fazer nada com relação a isso que a transferência será realizada automaticamente e um demonstrativo será enviado por email com o nome dos apoiadores, email, valor do apoio e uma discriminação de quais cobranças foram bem sucedidas e de quais falharam.
  2. B) Se o total de valores a receber no mês em questão, somado dos valores acumulados dos meses anteriores, que por ventura possam haver, for inferior a 100 reais o saldo permanecerá acumulado até que seja atingido um mínimo de 100 reais quando então o valor será pago mediante transferência bancária como explicado no item A. No caso dos valores não pagos, mas acumulados, também será enviado um email detalhando a composição do saldo formado pelas cobranças bem sucedidas do mês em questão, saldo relativo a cobranças bem sucedidas de meses anteriores e cobranças que falharam no mês em questão também serão informadas para acompanhamento do Criador.

Veja aqui um mapa visual que resume o fluxo financeiro do APOIA.se:

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Por favor, entre para comentar.